O que fazer no estado do Rio de Janeiro? Viagens Imaginárias 21

Estamos chegando na reta final da série Viagens Imaginárias e hoje vamos descobrir o que fazer no Rio de Janeiro. O Rio é com certeza um lugar que dispensa muitas apresentações, principalmente a cidade do Rio de Janeiro.

A cidade do Rio é o local mais visitado por turistas no Brasil, tanto pela sua inebriante beleza natural, quanto pelo Carnaval, que é uma das maiores festas do planeta.

Quem prestou atenção nas aulas de história da escola sabe que o Rio de Janeiro foi capital do Brasil até o ano de 1960 quando Brasília recebeu esse título. Então a capital carioca e o resto do estado têm muita história pra contar além de suas belas praias.

Então vamos logo começar a falar do Rio Janeiro, que eu particularmente amo.

E se quiser saber mais sobre os outros estados brasileiros é só acessar clicar aqui: Viagens Imaginárias.
+ O que fazer em São Paulo?
+ O que fazer em Sergipe?

O que fazer no Rio de Janeiro?

O apelido Cidade maravilhosa não foi dado a toa né? Quem já foi ao Rio de Janeiro sabe que sua natureza exuberante e privilegiada transforma a cidade no mais belo Cartão Postal do país.

Mas além das belezas naturais o Rio tem também muita história pra contar. Eu selecionei alguns lugares históricos e outros mais populares e espero que você se interesse por algum deles.

Biblioteca Nacional

A Biblioteca Nacional foi fundada no Brasil um pouco depois da chegada da família real ao país, no ano de 1810. Como os portugueses trouxeram pra cá alguns livros eles precisavam guardar esse acervo em algum lugar.

A primeira Biblioteca foi montada no porão do Hospital da Ordem Terceira do Carmo e depois transferido para o edifício onde hoje fica a Escola de Música da UFRJ.

Só 100 anos depois de sua fundação, em 1910, a Biblioteca Nacional ganhou um prédio a altura da sua importância. Com arquitetura em estilo neoclássico e Art Nouveau a Biblioteca Nacional hoje conta com um acervo de 9 milhões de itens.

Biblioteca Nacional
Foto de @vanessa__sp

Na época da transferência para o prédio novo foram necessárias 1132 viagens para transportar as 400 mil obras do acervo da época.

Você pode visitar a Biblioteca Nacional por conta própria ou realizar visitas guiadas que acontecem de hora em hora, de segunda a sexta.

Você verá detalhes desse imponente prédio, conhecerá um pouco de sua história e poderá espiar através de vidros as salsa de pesquisa. Se quiser ter acesso ao acervo terá que se cadastrar como pesquisador.

SIGA: Instagram | Facebook | Pinterest | You Tube

Real Gabinete Português de Leitura

Alguns dizem que o Real Gabinete Português de Leitura parece ter saído dos cenários de Harry Potter e como eu já estive por lá e também sou fã de Harry Potter posso dizer que concordo.

Esse gabinete de leitura foi ideia de imigrantes portugueses que queriam ter uma biblioteca aqui no Brasil. O prédio onde ele se encontra hoje é a segunda sede, inaugurada em 1888 com a presença da Princesa Isabel.

O Real Gabinete Português foi projetado por um português e tem arquitetura neomanuelina, com cordas trançadas e muitos detalhes nas portas e janelas.

Real Gabinete Português de Leitura

O salão principal tem diversos andares de prateleiras com livros portugueses. Lá está exposto também um belo e antigo exemplar de Os Lusíadas, escrito pelo poeta português Luís de Camões.

O Real Gabinete Português de Leitura é a maior coleção de livros portugueses fora de Portugal, são 350 mil exemplares.

Museu da República – Palácio do Catete

Um palácio construído entre 1858 e 1867 pelo Barão de Nova Friburgo, grande fazendeiro de café, entraria para a história do Brasil.

Anos após a morte do Barão o Palácio foi vendido para uma companhia de hotéis mas nunca chegou a ser um. Em 1896 ele foi então comprado pelo governo brasileiro para ser a sede da Presidência da República.

O Palácio que também é conhecido por Palácio das Águias presenciou fatos marcantes como declarações de guerra, visita do papa Pio XII e também o polêmico sarau ofertado por Nair de Teffé, esposa do presidente Hermes da Fonseca.

O fato mais marcante entretanto foi o suicídio de Getúlio Vargas no quarto presidencial em 1954. Além de Getúlio mais 17 presidentes passaram por ali, até que Juscelino Kubitschek levou a capital federal para a cidade de Brasília.

Museu da República Rio de Janeiro

Na visita ao Museu da República você tem acesso a belas salas com decoração luxuosa, como a Sala dos Ministérios onde eram feitas reuniões com ministros. Você também conhece o Gabinete Presidencial e o quarto dos presidentes, onde estão expostos o último pijama de Getúlio e a arma que ele usou para o suicídio.

Do lado de fora fica o bonito jardim com palmeiras imperiais que teria sido projetado por um paisagista francês.

Escadaria Selarón

A Escadaria Selarón é uma intervenção artística urbana feita pelo artista plástico chileno Jorge Selarón. Selarón era um viajante que conheceu diversos países e se apaixonou pelo Rio de Janeiro, fixando residência por lá.

Ele morava perto de uma escada que liga os bairros da Lapa e Santa Teresa e na década de 90 resolveu restaurar alguns degraus dessa escada colocando azulejos.

Escadaria Selaron

A obra foi se estendendo aos 250 degraus da escadaria, mas como Selarón não tinha dinheiro sobrando tudo foi sendo feito lentamente. Ao longo do tempo os turistas começaram a se interessar pela obra e ajudar o artista, trazendo azulejos de diversas partes do mundo.

A obra só parou em 2013 quando Selarón foi encontrado morto na frente da escadaria. Essa escada ainda é um ponto turístico bem visitado do Rio e tem azulejos de mais de 70 países.

Mirante Dona Marta

Foi assistindo ao DVD da banda Natiruts que eu descobri que o Mirante Dona Marta existia e fiquei encantada com o lugar.

Alguns dizem que de lá se tem a melhor vista do Rio de Janeiro, o que eu não posso afirmar com certeza já que o Rio não é chamado de Cidade Maravilhosa a toa e existem vistas de tirar o fôlego de diversos ângulos.

Mirante Dona Marta
Foto de @nayarasian

O Mirante Dona Marta fica no meio do caminho que leva até o Cristo Redentor e fica a uma altitude de 360 metros. Você pode chegar até lá de carro ou a pé, subindo uma trilha que começa no Morro Santa Marta, comunidade pacificada.

Do heliponto é possível enxergar o corcovado e a Lagoa Rodrigo de Freitas e do Mirante a vista é da Baía de Guanabara e do Pão de Açúcar. Difícil não se apaixonar pelo Rio assim.

Você também pode gostar de ler:
+ Centro do Rio de Janeiro – o que fazer em 1 ou 2 dias
+ Farol Santander São Paulo

O que fazer no estado do Rio de Janeiro? Arraial do Cabo

Seria um sacrilégio falar do Rio de Janeiro sem colocar na lista do que fazer no estado pelo menos uma praia. E a praia que eu escolhi foi Arraial do Cabo.

Arraial do Cabo tem areias branquinhas, ondas calmas, diversos tons de azul no mar e água gelada, bem gelada. Talvez esse seja o único “defeito” de Arraial.

São diversas praias que vocês pode conhecer. Algumas delas são mais urbanas, muito fáceis de serem acessadas, outras exigem um pouco mais de logística.

o que fazer no estado do Rio de Janeiro Arraial do Cabo
Foto de @alinnerosaferreira

Se você quiser fazer o passei de barco pode visitar a Ilha do Farol ou então a Praia do Forno, que além do barco pode ser conhecida também por uma trilha que passa no meio da mata. A Praia do Forno é considerada uma das praias mais bonitas de Arraial.

Tem também a Prainha do Atalaia, com seus 255 degraus. Descer é fácil, o problema e subir tudo na volta.

Pra que quer ver imagens encantadores de Arraial do Cano eu indico o vídeo do canal Num Pulo. As imagens e a edição são de uma qualidade surpreendente.

Alugue um carro com a RentCars e aproveite as melhores condições.

O que fazer no estado do Rio de Janeiro? Paraty

A cidade de Paraty foi fundada em 1667 e teve grande importância econômica para o Brasil. Primeiro ela foi uma das cidades que viveram o auge com os engenhos de cana de açúcar.

Depois, já no século XVIII, ela era o principal porto que escoava o ouro e as pedras preciosas que vinha de Minas Gerais e eram transportados para Portugal. Mas Paraty foi isolada economicamente quando uma nova estrada foi construída, desviando todo esse fluxo.

Foi no ano de 1970 que ela retornou ao cenário nacional, dessa vez com o turismo. A principal atração da cidade é justamente visitar seu centro histórico. No centro não é permitido o tráfego de carros, o que preserva os ares de cidade colonial.

o que fazer no estado do Rio de Janeiro
Foto de @flavinhodoze

No século XVII a cidade chegou a ter mais de 100 alambiques e foi a mais importante produtora de cachaça do Brasil Colônia, mas hoje restaram apenas 7 alambiques, que podem ser visitados.

Por estar cercada pela mata atlântica Paraty também é muito procurada para o ecoturismo. A FLIP, Feira Literária Internacional de Paraty é outro evento que atrai bastante turistas e que geralmente acontece em julho.

O que fazer no estado do Rio de Janeiro? Teresópolis

Teresópolis fica na região serrana do estado do Rio de Janeiro e é a cidade mais alta, com clima um pouco mais frio que as demais cidades.

O nome da cidade é uma homenagem a esposa do Imperador D. Pedro II, Teresa Cristina.

A cidade é bastante conhecida por amantes de trilhas e escaladas, pois ali fica o Parque Nacional da Serra dos Órgãos. O que também atrai a atenção de alguns é o futebol, já que é em Teresópolis que fica a Granja Comary, lugar escolhido pela seleção brasileira como centro de treinamento.

o que fazer no estado do Rio de Janeiro
Foto de @deolhonaphoto

É possível visitar a Granja Comary aos fins de semana e feriados, mas você não terá acesso às instalações utilizadas pela CBF.

E se nada disso te agradar você pode ir a Teresópolis apenas para curtir um clima mais frio, passear pelo centro histórico e aproveitar as diversas cervejarias que estão espalhadas pela cidade.

O que fazer no estado do Rio de Janeiro? Petrópolis

Se Teresa Cristina ganhou uma cidade em sua homenagem D. Pedro II também tinha que ganhar né? E a cidade de D. Pedro é Petropólis.

Na verdade o primeiro a visitar a cidade e a se envolver com ela foi seu irmão D. Pedro I no ano de 1830. De passagem pela região ele se hospedou em uma fazenda e acabou gostando. Depois voltou e comprou a fazenda Córrego Seco.

Só anos mais tarde, em 1843, que D. Pedro II fundaria a então cidade de Petrópolis e faria dali o seu local de descanso. Onde hoje é o Museu Imperial antes ficava a casa onde D. Pedro II passava um longo período com a família.

o que fazer no estado do Rio de Janeiro
Foto de @karolclicou

Por todo esse envolvimento com a família real e o período do Império Petrópolis é conhecida como Cidade Imperial.

Lá fica a primeira cervejaria do Brasil, a cervejaria Bohemia, que foi inaugurada em 1853. A cervejaria Bohemia ainda está em funcionamento e é possível fazer visitas guiadas.

Em Petrópolis você também poderá visitar o Palácio de Cristal, todo feito em ferro e vidro que abrigava exposição de plantas e pássaros e a Casa de Verão de Santos Dumont.

Santos Dumont chamava sua casa de Petrópolis de “A Encantada” e lá você vai poder ver uma de suas invenções mais curiosas, a escada Santos Dumont. Essa escada é bem inclinada e cada degrau permite que você pise com apenas um pé.

Você também pode gostar de ler:
+ Visita ao Palácio do Planalto e outros monumentos de Brasília
+ O que fazer em Lisboa em 1 dia – Roteiro a pé

O que fazer no estado do Rio de Janeiro? Vassouras

A cidade de Vassouras deve o seu nome a um arbusto que existia em abundância por lá e se assemelhava a uma vassoura, o tupeiçaba. A cidade também é conhecida por um apelido: Princesinha do Café.

Vassouras foi uma das grandes produtoras de café e importante centro cultural, político e econômico do estado do Rio de Janeiro.

Os tempos áureos do café deixaram com legado diversos edifícios históricos e grandes fazendas. Em uma volta pelo centro você poderá perceber a riqueza da época.

o que fazer no estado do Rio de Janeiro
Foto de @eangela_

Das atrações turísticas da cidade destacam-se a antiga estação ferroviária, o Memorial do Trem e o Mirante de onde se pode ver toda a cidade. Mas o que eu acho mais interessante são as fazendas de café.

Estão abertas para a visitação oito fazendas na cidade de Vassouras e uma delas é a fazenda São Luís da Boa Sorte. Caso você queira dar uma espiadinha nessa fazenda antes de ir até lá, ela é um episódio da série Fazendas Históricas, disponível no Amazon Prime.

Reserve aqui sua hospedagem com a Booking.com


E aí, ficou com vontade de fazer as malas depois desse post sobre o que fazer no estado do Rio de Janeiro? Se você conhece mais algum lugar que vale a pena conhecer conta pra gente nos comentários que gostamos sempre de conversar.

Se você gostou desse post compartilha com os amigos e salva no Pinterest pra reler mais tarde.

Um abraço e muitas viagens!!


PLANEJE SUA VIAGEM com os nossos parceiros. Você ajuda o blog, não paga nada a mais por isso e ainda ganha alguns descontos. Bom né? É só clicar nos links abaixo pra fazer a sua reserva.
Reserve seu hotel com a Booking.com
Cadastre-se no Airbnb e ganhe R$ 179,00 de desconto na primeira hospedagem.
Alugue seu carro com a RentCars
Não viaje sem seguro, cote o melhor com a Seguros Promo – utilize o código POROPCAO5 e ganhe 5% de desconto.
Use seu celular no exterior com chip da Easysim4U – com o código RBBVGRATIS você tem frete grátis.

Informações Práticas – O que fazer no estado do Rio de Janeiro

Biblioteca Nacional

Endereço: Av. Rio Branco 219 – Rio de Janeiro, RJ
Entrada: gratuita
Horário de Funcionamento: de Segunda a Sexta, das 09h às 19h e Sábados, das 10h30 às 15h. Visitas orientadas de Segunda a Sexta, das 10h às 17h
Mais Informações: no site da Biblioteca

Real Gabinete Português de Leitura

Endereço: Rua Luís de Camões, 30 – Centro – Rio de Janeiro – RJ
Entrada: gratuita
Horário de Funcionamento: de Segunda a Sexta, das 09h às 18h.
Mais Informações: no site do Gabinete

Palácio do Catete – Museu da República

Endereço: Rua do Catete 153 – Catete – Rio de Janeiro – RJ
Entrada: R$ 6,00 (entrada franca às quartas-feiras e aos domingos). Professores, maiores de 60 anos e crianças até 10 anos não pagam. Estudantes e menores de 21 anos têm 50% de desconto. (nov/2020)
Horário de Funcionamento: de Terça a Sexta, das 10h às 17h. Sábados, Domingos e Feriados, das 11h às 18h
Mais Informações: no site do Museu

Petrópolis

Informações sobre os pontos turísticos da Cidade Imperial podem ser consultadas nesse site.

Vassouras

Informações sobre os pontos turísticos e também as Fazendas abertas a visitação podem ser consultadas no site da prefeitura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *