O que fazer em Lisboa em 1 dia – Roteiro a pé

Lisboa é uma cidade que pode ser perfeitamente explorada apenas usando suas perninhas. Você só precisará do transporte público se estiver hospedado longe de tudo ou quiser andar no famoso elétrico. Como a gente acha que andando pela cidade vemos muito mais dela, montamos um roteiro a pé – o que fazer em Lisboa em 1 dia – passando pelos principais pontos turísticos do centro da cidade.

O que fazer em Lisboa em 1 dia – Praça do Comércio e Arredores

Para começar o roteiro vamos até Cais das Colunas, que é o mais próximo que você chegará das águas do Rio Tejo. Esse era o cais onde desembarcavam os chefes de estado que iam até Lisboa, era a entrada nobre da cidade. Hoje o desembarque ali não é tão fácil pois entre o cais e a Praça do Comércio passa a Av. Ribeira das Naus, bem movimentada por sinal. O Cais das Colunas é um ótimo lugar para apreciar a ponte 25 de Abril, que se você olhar bem tem uma grande semelhança com a Golden Gate, em São Francisco.

Logo a frente do Cais das Colunas você verá a Praça do Comércio com a estátua de Dom João I ao Centro. Esse local tem mais de 35 mil m² e é uma das maiores praças da Europa. Se você perguntar a um português onde fica a Praça do Comércio é capaz de ele não saber te ajudar, mas se perguntar sobre o Terreiro do Paço com certeza vão entender. A praça do comércio foi palco da queda da monarquia em 1908 quando Carlos I e seu filho foram assassinados. Hoje é a sede do Ministério da Justiça e do Supremo Tribunal de Justiça, com seus prédios amarelos de janelas brancas.  Numa das esquinas dessa praça fica o Museu da Cerveja, que é museu e também cervejaria. Não chegamos a entrar, mas me pareceu bem interessante e o lugar é lindo. Lá dentro você conhecerá um pouco da história da cerveja, principalmente dos países falantes de língua portuguesa.

Chuva chegando na Praça do Comércio de Lisboa

A Rua Augusta e as Praças do Rossio e da Figueira

Bem no meio da simétrica Praça do Comércio está o Arco da Victória, também conhecido como Arco da Augusta. Ele foi construído em 1759, depois que o terremoto de 1755 destruiu boa parte de Lisboa. Você pode subir no Arco se quiser, e ter uma bela visão do Tejo lá de cima. Passando pelo Arco você entrará na Rua Augusta, que tem muitos restaurantes e lojas. Recomendo fazer um zig zag por entre as ruas para ver as lojas interessantes que há por ali – principalmente as lojas de bebidas – com garrafas de mais de € 3000.00.

Arco da Augusta em Lisboa

Siga na direção oposta a da praça do Comércio e chegará em outras duas praças, a Praça do Rossio (ou D. Pedro IV) e a Praça da Figueira. O mesmo D. Pedro IV de Portugal é o nosso D. Pedro I, no Brasil. Então a estátua que você verá na Praça do Rossio é do primeiro Imperador do Brasil, aquele que declarou “Independência ou Morte” em 1822. Anos mais tarde, quando o pai D. João VI morreu, ele voltou a Portugal e assumiu o trono como D. Pedro IV.

Para passar de uma praça para a outra você poderá “cortar caminho” por dentro da Pastelaria Suíça e já provar algumas delícias da culinária portuguesa. O pastel de nata que vendem por ali ficou em 4º lugar no nosso Ranking dos pastéis de nata. Do outro lado estará a Praça da Figueira que tem ao centro uma estátua de D. João I, esse rei não é dos mais famosos por aqui. A única curiosidade sobre ele é que era chamado de O Boa Memória. É na Praça da Figueira que fica o centro de informações turísticas e também o elétrico 15 (Praça da Figueira – Algés) que te leva até o bairro de Belém.

O que fazer em Lisboa em 1 dia - estátua de D. João I na Praça da Figueira

Você também vai gostar de ler:
– As encantadoras vilas de Portugal
– Um dia em Sintra

Ainda nos arredores das praças você poderá conhecer a Igreja de São Domingos que foi palco de um massacre antissemita em 1506, resistiu ao terremoto de 1755 e a um incêndio em 1959. No interior da igreja estão as marcas de toda essa história. Logo na saída da igreja fica uma pequena banca de bebidas chamada A Ginjinha, um licor típico de Portugal que pode ser encontrado principalmente em Lisboa, Óbidos, Alcobaça e no Algarve. Em Óbidos costumam servir a bebida num copo de chocolate que você pode comer no final, em Lisboa é no copo de vidro mesmo.

O que fazer em Lisboa em 1 dia – Bairro alto

Continuando nosso roteiro a pé do que fazer em Lisboa em 1 dia, atravesse novamente a Praça do Rossio em direção ao Rio Tejo e pare para comer um pastel de Nata da Confeitaria Nacional com mais de 188 anos de história. A confeitaria foi fundada em 1829 e você vai ficar encantado com a decoração luxuosa do lugar e com o sabor delicioso do pastelzinho. É uma delícia!!

Confeitaria Nacional de Lisboa

Um pouco mais adiante você poderá subir para o Bairro Alto pelo Elevador de Santa Justa, que é obra de Raoul Mésnier, aprendiz de Gustave Eiffel, ou apenas apreciá-lo de fora e subir a Rua do Carmo a pé mesmo, pegando depois a Rua Garret. Nós não subimos pelo elevador, mas essa é uma experiência que te leva diretamente ao passado, já que a estrutura é toda original, do ano de sua construção em 1902.

O que fazer em Lisboa em 1 dia - Estrutura de ferro do Elevador de Santa Justa

Se quiser apreciar apenas a beleza externa da estrutura e a vista lá de cima sem subir por ele, na Rua Garret você vira a direita na Calçada Sacramento. Lá você pode aproveitar e conhecer também o Convento do Carmo. Hoje apenas parte da estrutura construída em estilo gótico em 1423 está em pé. O que se vê hoje foi restaurado após o terremoto e o incêndio que assolaram Lisboa em 1755. O convento começou a ser reconstruído mas as obras pararam quando as ordens religiosas de Portugal foram extintas. Atualmente ali existe um museu arqueológico.

A 600 metros do Convento fica o Miradouro de São Pedro de Alcântara. Lisboa tem inúmeros Miradouros e eu aconselho você a visitar todos eles, se puder. Cada um terá uma vista diferente da cidade e todas são lindas. Repare que Lisboa tem as cores rosa e amarela predominantemente nas suas fachadas.

Miradouro de São Pedro de Alcantara

O que fazer em Lisboa em 1 dia – Roteiro a pé pelo Chiado

Depois de apreciar um pouco a cidade, volte para a Rua Garret e vire no sentido oposto ao do Elevador de Santa Justa. Essa é uma rua cheia de lojas de marcas famosas, se você gostar de compras vai passar horas por aqui. Nossa intenção era outra, até porque compras em euro não são muito compatíveis com o nosso bolso. Depois de andar alguns metros por entre as tentações você chegará a Livraria Bertrand, a livraria mais antiga do mundo ainda em atividade. Ela foi inaugurada em 1732 e a loja do Chiado não foi a primeira, mas com certeza é bem antiga. Entre na livraria e vá até a sala do fundo para ver o tamanho das paredes e do teto em arcos. É sem dúvida um lugar muito interessante pra quem ama livros como eu.

Continuando no clima literário, alguns passos a frente fica a escultura do poeta e escritor Fernando Pessoa . Ela fica bem em frente ao café A Brasileira – inaugurado em 1905 – que por sinal era ponto de encontro de escritores e artistas. Vale a pena entrar, nem que seja só para bisbilhotar mesmo. O lugar é lindo!

Quer ver mais fotos de viagem? Siga a gente no @viajantesporopcao

Continuando o que fazer em 1 dia em Lisboa a pé, atravesse o Largo do Chiado e vá em direção a praça Luís de Camões. Perceberam que essa área da cidade é toda dedicada a literatura? Camões foi quem escreveu Os Lusíadas e a praça ganhou esse nome depois que uma estátua dele foi colocada ali em 1867.

protesto na Praça Luis de Camões

Se estiver com vontade de um doce pegue mais um pastel de nata, dessa vez  da Manteigaria e siga pela Rua do Loreto (que vira Largo Calhariz) até a Rua da Bica para ver ou andar no Ascensor da Bica, que faz o trajeto pela ladeira desde a Rua São Paulo até o Largo Calhariz. Vire na próxima a esquerda – Rua Mal. Saldanha – e desça até o Miradouro de Santa Catarina. A essa altura talvez o sol já esteja descendo no horizonte, o que vai te proporcionar uma bela vista do rio Tejo. Sente em um dos barzinhos dali, ou nas escadarias mesmo, e aproveite a cidade.

Vista do Rio Tejo a partir do Miradouro de Santa Catarina

Agora você já tem um roteiro a pé completo do que fazer em Lisboa em 1 dia. Se for ficar mais tempo na cidade a gente tem mais dicas por aqui:
– Belém e seus encantos
– Explorando Alfama e o castelo de São Jorge

Um abraço e muitas viagens!!!

Gostou do post? Compartilha com a galera e salva no Pinterest.

O que fazer em Lisboa em 1 dia - descubra como fazer um roteiro a pé pela cidade passando pela Baixa, Bairro Alto e Chiado

Informações Práticas – o que fazer em lisboa em 1 dia – Roteiro a pé

Para facilitar a sua vida, colocamos nesse mapa tudo o que fazer em Lisboa em 1 dia a pé. É só aproximar o mapa para ver cada local.

Museu da Cerveja

Como chegar: Terreiro do Paço – Ala Nascente, 62 a 65
Horário de funcionamento: Todos os dias das 12h às 22h (museu) e 12h às 24h (cervejaria)
Entrada do museu: 5 euros ( inclui degustação de cerveja), acesso gratuito a menores de 16 anos. A entrada para a cervejaria é grátis.

Arco da Rua Augusta

Como chegar: Rua Augusta, Nº 2
Horário de funcionamento: todos os dias das 09h às 20h
Entrada: € 3.00. Crianças até 5 anos não pagam.

Elevador de Santa Justa


Como chegar: R. do Ouro, 1150
Horário de funcionamento: no verão (13,14 e 15 de abril & maio a outubro) das 07h30 às 23h e no inverno (novembro a abril) das 7h30 às 21h.
Entrada: € 5.30 válida para 2 viagens. O bilhete é adquirido na hora. São aceitos o Cartão Lisboa Viva, 7Colinas ou Viva Viagem (carregados com títulos válidos na CARRIS), os Bilhetes dos circuitos Yellow Bus e os Bilhetes Lisboa Card.
Curiosidades: Tem 45 metros de altura e foi inaugurado em 10 de julho de 1902.

Convento do Carmo

Como chegar: Largo do Carmo
Horário de Funcionamento: de segunda a sábado, de outubro a maio das 10h às 18h e de junho a setembro das 10h às 19h. Não abre aos domingos, 1º de janeiro, 1º de maio e 25 de dezembro.
Entrada: € 4.00, crianças acompanhadas de adultos não pagam e grupos de mais de 30 pessoas pagam € 3.00.

Livraria Bertrand


Como chegar: R. Garrett 73-75
Horário de funcionamento: Todos os dias da 09h às 22h.
Entrada: grátis

Ascensor da Bica

Como chegar: pela Rua S. Paulo ou Largo Calhariz, esquina com a Rua da Bica.
Horário de Funcionamento: de segunda a sábado das 7h às 21h horas e domingos e feriados das 9h às 21h.
Entrada: € 3.80 válida para 2 viagens. O bilhete é adquirido na hora.
Curiosidade: Inaugurado a 28 de junho de 1892


PLANEJE SUA VIAGEM com os nossos parceiros. Você ajuda o blog, não paga nada a mais por isso e ainda ganha alguns descontos. Bom né? É só clicar nos links abaixo pra fazer a sua reserva.
Reserve seu hotel com a Booking.com
Cadastre-se no Airbnb e ganhe R$ 130,00 de descontona primeira hospedagem.
Alugue seu carro com a RentCars
Não viaje sem seguro, cote o melhor com a Seguros Promo – utilize o código POROPCAO5 e ganhe 5% de desconto.
Use seu celular no exterior com chip da Easysim4U – com o código RBBVGRATIS você tem frete grátis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *