O que fazer no Maranhão? Viagens Imaginárias 15

Quando você pensa no Maranhão o que vem a sua cabeça? Eu penso inevitavelmente nos Lençóis Maranhenses e também na novela Da Cor do Pecado, de muito, muito tempo atrás, quando eu ainda assistia novela. Mas tem muito mais coisa por lá então se liga nas dicas de hoje do que fazer no Maranhão.

Se você é novo por aqui talvez não saiba que essa é a série Viagens Imaginárias. Eu estou selecionando lugares para conhecer em todos os estados brasileiros.

Isso é uma forma de me ocupar nesse tempo incerto e também pra te ajudar a montar sua viagem pelo nosso país. Já falei por aqui de 14 estados, o Maranhão é o décimo quinto. Então tem bastante conteúdo pra você pesquisar e se estiver num dia preguiçoso pode também ver os vídeos no Youtube.

Outros posts da série Viagens Imaginárias:
+ O que fazer no Acre
+ O que fazer no Amazonas

O que fazer em São Luís?

Você sabia que São Luís é a única cidade brasileira fundada por franceses? Eles chegaram nesse pedacinho da costa brasileira e ali ficaram até serem expulsos pelos portugueses.

Mas São Luís também já teve a presença de espanhóis e holandeses. Todo mundo queria tirar proveito desse pedacinho do Maranhão.

A cidade de São Luís é uma das 4 capitais brasileiras que ficam em uma ilha, a ilha de Upaon-Açu. A cidade é conhecida por diversos apelidos: Ilha Grande, Ilha do Amor, Ilha Rebelde, Ilha Magnética, Ilha Bela, Cidade dos Azulejos, Atenas Brasileira e Jamaica Brasileira.

Esse último é resultado da paixão dos moradores pelo reggae. A cidade inclusive tem um museu do Reggae, o único do tipo fora da Jamaica.

E depois dessas poucas curiosidades vamos logo descobrir o que fazer em São Luís.

Palácio dos Leões

O Palácio dos Leões, considerado o Marco Zero da cidade, é herança da invasão francesa no Maranhão.

Em 1612, quando os franceses chegaram em São Luís, eles ergueram um forte onde hoje está situado o Palácio. O forte recebeu o nome de São Luís, em homenagem ao então rei da França Luís XIII

Em 1776 o governador Joaquim de Melo ordenou a destruição do forte e começou a construir o Palácio dos Leões, que atualmente tem arquitetura neoclássica.

O que fazer em São Luís - Palácio dos Leões
Foto de @mtelli88

O Palácio dos Leões já serviu como moradia mas hoje abriga apenas a sede do Governo do Maranhão.

De terça a domingo é possível participar de visitas guiadas ao Palácio que tem mais de três mil metros quadrados. As visitas ocorrem principalmente em cinco salões onde pode ser observada a arquitetura e também algumas das mais de mil peças do acervo que conta com mobiliário antigo, quadros, lustres e diversos outros objetos decorativos.

Na parte de fora do Palácio dos Leões você pode aguardar o pôr do sol, uma forma de fechar lindamente a sua visita.

Centro Histórico de São Luís

O Centro Histórico de São Luís foi declarado Patrimônio Cultural da Humanidade pela Unesco em 1997.

Muitos falam em 4 mil imóveis antigos, outros falam em 6 mil, mas mesmo sem saber a quantidade exata esse conjunto arquitetônico dos séculos 18 e 19 é atração turística da cidade.

Os imóveis tem estilo colonial português e uma característica marcante é a fachada coberta por azulejos. Eu achava que os azulejos eram apenas decorativos, mas descobri que eles tinham a função de impermeabilizar as paredes e também funcionar como um isolante térmico, para ajudar a diminuir a temperatura interna das casas.

O que fazer em São Luís - Centro Histórico
Foto de @isaacluz

A maioria dos imóveis do é um sobrado, com a parte térrea funcionando como comércio, estrutura que é muito utilizada em Portugal.

No Centro Histórico de São Luís, além do casario de azulejos que pode ser encontrado principalmente na Rua Portugal, existem outros edifícios que vale a pena conhecer.

O Teatro Arthur Azevedo, inaugurado em 1817 em estilo neoclássico que recebeu companhias europeias até o seu apogeu, em 1840.

O Mercado das Tulhas, que antigamente era o local onde armazenavam cereais, hoje é um mercado de artesanato e comidas típicas do Maranhão.

E a Catedral da Sé que teve sua construção iniciada em 1622 pelos jesuítas mas que sofreu diversas modificações ao longo dos anos e só ganhou a forma que tem hoje no século XIX.

SIGA: Instagram | Facebook | Pinterest | You Tube

Casa do Maranhão

Dentro de um casarão histórico do Século XIX fica a Casa do Maranhão, um museu dedicado a história e cultura do Maranhão, suas festas, tradições e costumes.

A entrada é gratuita e você pode fazer visitas guiadas que são muito bem avaliadas nas descrições que eu li na internet.

Nos dois andares da casa é possível conhecer um pouco da história e da cultura maranhense através das lendas e festividades como Bumba meu Boi e festa do Divino.

O que fazer em São Luís - Casa do Maranhão
Foto de @belenibnz

Além disso você pode se inteirar ainda sobre gastronomia, embarcações e também sobre os azulejos muito utilizados nas fachadas dos prédios.

O segundo andar é todo dedicado a tradição de Bumba meu Boi que surgiu no Maranhão. Lá além de entender onde como começou a tradição você poderá ver diversos bois e roupas utilizadas na festa, em um acervo rico em detalhes.

Do segundo andar da Casa do Maranhão ainda é possível ter uma bela vista do rio Anil a partir dos janelões e sacadas daquele que já foi usado como Prédio da Alfândega.

Fundação da Memória Republicana Brasileira

Apesar de hoje ser oficialmente a Fundação da Mémora Republicana Brasileira o prédio é muito mais conhecido como Convento das Mercês.

Esse prédio foi construído em 1654 e foi utilizado como convento até a independência brasileira quando o imóvel começou a ser esvaziado e ficou em abandono por anos.

Na metade do século XIX ele foi reformado e funcionou como Seminário. Depois, no século XX ele foi vendido ao estado e teve diversas utilizações passando por Quartel da Polícia Militar, dos Bombeiros e também Hospício.

O que fazer em São Luís - Convento das Mercês
Foto de @negfran

A Fundação da Memória Republicana Brasileira só se tornou centro cultural em 1989.

Lá você pode conhecer sobre a história da República Brasileira e também visitar uma sala onde ficam diversos presentes recebidos pelo presidente de outras nações. São objetos de vários lugares do mundo.

Um dos que chamam a atenção é uma edição do livro Dom Quixote de La Mancha com ilustrações feitas por Salvador Dalí.

Praça Gonçalves Dias

Minha terra tem palmeiras onde canta o sabiá, as aves que aqui gorjeiam não gorjeiam como lá.

Canção do Exílio, Gonçalves Dias
Foto de @liana_santana.fotografias

Se você não sabe pelo menos esse trecho da Canção do Exílio você não prestou muita atenção nas suas aulas de literatura.

Esse é o trecho de um dos poemas mais famosos do poeta maranhense Gonçalves Dias, que dá nome a essa praça.

A Praça Gonçalves Dias tem uma localização privilegiada, com uma vista deslumbrante da Baía de São Marcos, do centro histórico e também da cidade nova.

Ela foi fundada em 1873 e era um dos lugares escolhidos pelos casais de namorados para apreciar o pôr-do-sol, que por sinal é um espetáculo visto dali. Por esse motivo a praça também é conhecida como Largo dos Amores.

Além do coreto e da estátua de Gonçalves Dias, que ficam na praça, você ainda pode observar outras obras arquitetônicas no seu entorno.

O que fazer em São Luís - Praça Gonçalves Dias
Foto de @jorge.jansen

Uma delas é a Igreja dos Remédios, que foi construída em 1719 e tem estilo neogótico. A outra obra é o Palácio Cristo Rei do ano de 1838 que tem traços de arquitetura barroca e hoje abriga a Reitoria da Universidade Federal do Maranhão.

Onde se hospedar em São Luís:
– Hotel Luzeiros São Luis
– Blue Tree Towers São Luis
– Hotel Costa do Calhau

O que fazer no Maranhão? Lençóis Maranhenses

Essa é com certeza uma das atrações mais conhecidas do Maranhão e eu sabia que era grande, mas não imaginava que fosse tanto. Os Lençóis Maranhenses se estendem por 150 mil hectares.

Ele é o maior campo de dunas da América do Sul.

As dunas se revezam com lagoas temporárias e formam uma paisagem única. Dizem que o nome lençóis é uma referência a visão que se tem de cima, parece um lençol jogado sob a cama.

Nem as dunas nem as lagoas são perenes. Em dias de vento forte as dunas podem se mover até 10 centímetros e as lagoas aparecem apenas entre os períodos de cheia e seca.

Durante a época das chuvas, que vai de Dezembro a Maio, o lençol freático é abastecido, formando as lagoas.

O que fazer no Maranhão - Lençóis Maranhenses

As lagoas dos Lençóis Maranhenses ficam disponíveis para banho entre junho e setembro, sendo essa a melhor época para visitação. Após esse período começam a secar e algumas desaparecem completamente até o próximo período de chuvas.

A principal cidade de onde os turistas saem para visitar os Lençóis é Barreirinhas, onde fica o circuito da Lagoa Azul. Além dessa cidade também é possível ficar em Santo Amaro, que dizem ter as lagoas mais bonitas.

Outro lugar é Atins, onde há maior contato com a comunidade local e onde podem ser praticados esportes como kite surf, wind surf, caiaque e Stand Up.

O que fazer no Maranhão? Raposa e as Fronhas Maranhenses

Se tem lençol tem que ter fronha né? E não é que no Maranhão tem mesmo. As Dunas de Carimã que ficam na cidade de Raposa, a 30 quilômetros de São Luís são conhecidas como os Lençóis em Miniatura ou ainda Fronhas Maranhenses.

Você só chega até lá de barco e no meio do caminho ainda há uma paradinha pra conhecer uma fazenda de Ostras.

O que fazer no Maranhão - Raposa Fronhas maranhenses
Foto de @clickei_por_ai

E além de aproveitar mais essa maravilha da natureza, em Raposa você vai poder conhecer um pouco mais da renda de bilro no Corredor das Rendeiras.

Lá é possível observar as mulheres produzindo essa renda e se você se interessar pode comprar o produto direto das rendeiras.

A cidade de Raposa ainda é o maior polo de pesca do maranhão então se você gosta de frutos do mar pode aproveitar uma comida fresquinha e com garantia de procedência.

Alugue um carro com a RentCars e aproveite as melhores condições.

O que fazer no Maranhão? Chapada das Mesas

Tá aí mais uma Chapada que a gente vai ter que visitar logo, logo. A Chapada das Mesas fica ao sul do maranhão então que pensa que é fácil combinar Lençóis e Chapada está enganado, porque ficam em lugares beeeem distantes.

A cidade base para conhecer a Chapadas das Mesas é Carolina e o aeroporto mais próximo fica em Imperatriz.

O nome da Chapada se deve aos enormes platôs de rocha de arenito, que de longe parecem mesas retinhas de pedra.

Como nas outras Chapadas existe um parque nacional e muitas outras propriedades ao redor para você conhecer também. São mais de cento e sessenta mil hectares.

O que fazer no Maranhão - Chapada das mesas
Foto de @karinerreis

Dentro do Parque Nacional da Chapada das Mesas as principais atrações são a Cachoeira São Romão, com uma enorme quantidade de água, e a Cachoeira da Prata, onde é possível praticar o rapel e o canionismo.

Já nas propriedades privadas ao redor do parque é possível conhecer o Portal da Chapada, o complexo da Pedra Caída, que tem piscinas, tirolesa, teleférico e cachoeiras e também o Poço Azul e Encanto Azul, que tem águas claras e lindas.

Você também pode gostar de ler:
+ Roteiro Chapada dos Veadeiros – 7 dias de cachoeiras
+ Praia dos Carneiros: fotos para inspirar sua viagem

O que fazer no Maranhão? Alcântara

Alcântara é uma cidade que parece ter parado no tempo. Fundada em 1648 por portugueses ela ainda tem muito da arquitetura antiga.

Alvcântara Maranhão
Foto de @gastaoguimaraes

O seu auge foi entre os séculos XVIII e XIX e hoje uma das principais atrações turísticas são as ruínas coloniais, como a Igreja Matriz e o Pelourinho.

Para chegar até Alcântara é preciso pegar um barco que sai de São Luís. Se você tem problemas de enjoo com barcos tome um remédio antes de ir porque eu li relatos que o barco balança mais que barco viking em parque de diversão.

Lá você vai conhecer também um doce típico de Alcântara, que é herança açoriana, o doce de espécie. Ele é feito basicamente com coco e açúcar e tornou-se popular por ser distribuído na Festa do Divino.

O que fazer no Maranhão - Alcântara
Foto de @jurezendeblog

A Festa do Divino também é tradicional na cidade, que recebe muitos turistas. A festa ocorre em maio ou junho e é a celebração religiosa de Pentecostes. Há muitas procissões, missas, música, dança e também a distribuição de licores e do doce de espécie.

Alcântara também tem uma base espacial de lançamento de foguetes. Dizem que por estar a apenas 2º da Linha do Equador a base de Alcântara é uma das mais bem localizadas.

Lançamentos de foguete nessa latitude economizam até 30% de combustível. Antes era possível visitar a base, mas após um acidente que ocorreu na década de 90 as visitas foram proibidas.

Viajar sem Seguro Viagem é furada!! Cote o seu aqui com a Seguros Promo. Com o código POROPCAO5 você tem 5% de desconto.

O que fazer no Maranhão? São José de Ribamar

São José de Ribamar é o padroeiro do Maranhão e na cidade fica um dos mais importantes santuários da região Norte-Nordeste.

Diz a lenda que durante uma navegação portuguesa o navio enfrentou uma grande tempestade e os tripulantes começaram a rezar para São José de Ribamar que os levou em segurança até terra firme.

Depois do ocorrido, a partir de 1757, três igrejas foram erguidas em homenagem ao santo mas todas desmoronaram. Os fiéis diziam que isso aconteceu por que foram construídas dando as costas para o mar.

No ano de 1915 uma nova igreja foi construída de frente para o mar, e está em pé até hoje.

O que fazer no Maranhão - São José de Ribamar
Foto de @kassandra_ribeiro06

A festa em homenagem ao santo padroeiro acontece em setembro e muitos devotos levam objetos em agradecimento as graças alcançadas. Muitos desses objetos podem ser vistos atualmente no Museu dos Ex-Votos.

A cidade de São José do Ribamar fica a poucos quilômetros de São Luís e pode ser conhecida em um bate e volta da capital maranhense.


E aí, com essas dicas do que fazer no Maranhão você já decidiu qual o seu próximo destino?

Se você gostou desse post compartilha e salva no Pinterest pra ler depois e pra nos ajudar a divulgar o blog.

Um abraço e muitas viagens!!

PLANEJE SUA VIAGEM com os nossos parceiros. Você ajuda o blog, não paga nada a mais por isso e ainda ganha alguns descontos. Bom né? É só clicar nos links abaixo pra fazer a sua reserva.
Reserve seu hotel com a Booking.com
Cadastre-se no Airbnb e ganhe R$ 179,00 de desconto na primeira hospedagem.
Alugue seu carro com a RentCars
Não viaje sem seguro, cote o melhor com a Seguros Promo – utilize o código POROPCAO5 e ganhe 5% de desconto.
Use seu celular no exterior com chip da Easysim4U – com o código RBBVGRATIS você tem frete grátis.

Informações Práticas – O que fazer no Maranhão

Palácio dos Leões

Endereço: R. Dom Pedro II, S/N – Centro, São Luís
Horário de Funcionamento: de terça a sexta-feira, das 9h às 18h e aos sábados e domingos das 9h às 17h.
Entrada: gratuita

Casa do Maranhão

Endereço: Rua do Trapiche s/n, Praia Grande, São Luís
Horário de Funcionamento: de terça à sábado, das 09h às 18h e domingo das 09h às 13h30.
Entrada: gratuita

Fundação da Memória Republicana Brasileira

Endereço: R. da Palma, 502 – Desterro, São Luís
Horário de Funcionamento: segundas, das 14h às 17h; de terça a sexta, das 8h às 17h e sábados, das 8h às 12h.
Entrada: gratuita

Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses

Mais Informações: no site do ICMBIO

Chapada das Mesas

Mais Informações: no site de Turismo do Maranhão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *