O que fazer em Santa Catarina? Viagens Imaginárias 17

Hoje o post é sobre o que fazer em Santa Catarina e com ele a gente fecha a região sul da série de posts Viagens Imaginárias. Com essa série estamos selecionando diversos lugares para conhecer no Brasil quando as coisas se normalizarem e já tem um monte de informação por aqui.

Mais posts da série Viagens Imaginárias:
+ O que fazer no Paraná?
+ O que fazer em Sergipe?

Santa catarina é um estado com bastante influência alemã e os catarinenses são também conhecidos por um apelido curiosos: barriga verde.

A origem desse nome é um pouco controversa, porém nas pesquisas que eu fiz muitas das versões remetem a uma peça do uniforme dos soldados e fuzileiros do regimento de Santa Catarina. 

Alguns dizem que eles usavam uma faixa verde na cintura e outros que o que era verde era o colete. O apelido pegou e ainda hoje os catarinenses são chamados de barriga verde. 

O que fazer em Florianópolis?

Florianópolis é mais uma capital brasileira que fica em um ilha, a chamada Ilha da Magia. A cidade recebeu esse apelido por ser local de surgimento de vários mitos e lendas, além de ter belezas naturais encantadoras.

Ponte Hercílio Luz

O principal cartão postal da cidade de Florianópolis e também do estado de Santa Catarina é a ponte Hercílio Luz.

Essa ponte, que recebeu o nome de um governador catarinense, foi construída na década de 20 para ligar a ilha ao continente e substituir o sistema de balsas que fazia a ligação até então.

Ela é a maior ponte suspensa do Brasil, com 821 metros de extensão.

A ponte Hercílio Luz foi interditada em 1982 por questões de segurança e chegou a reabrir no final dos anos 80 para pedestres, sendo fechada novamente logo em seguida.

O que fazer em Florianópolis POnte Hercílio Luz
Foto de @aripsilon

No ano de 1998 ela foi tombada pelo Patrimônio Histórico Nacional, o que impediu a sua demolição e também foi fundamental para a reforma da estrutura.

Em 30 de dezembro de 2019 a ponte foi reaberta para ciclistas e pedestres e durante o ano de 2020 está retomando gradativamente a passagem de carros e ônibus.

Além de conhecer a ponte você também pode visitar a Praça Hercílio Luz, que tem um mirante de onde se podem tirar belas fotos da ponte.

SIGA: Instagram | Facebook | Pinterest | You Tube

Palácio Cruz e Sousa

O Palácio Cruz e Sousa foi construído no fim do século XIX, com arquitetura eclética, misturando diversos estilos.

Ele foi utilizado durante muitos anos como sede do estado de Santa Catarina e na década de 70 recebeu o nome de um dos famosos poetas simbolistas catarinenses, Cruz e Sousa.

O que fazer em Florianópolis Palácio Cruz e Souza
Foto de @jovempascale

Anos mais tarde, em 1986, passou a abrigar o Museu Histórico de Santa catarina, que abre todos os dias e tem visitação gratuita aos domingos.

No museu você encontra um pouco da história de Santa Catarina e do próprio edifício registrada em documentos, livros e fotografias.

Além disso, o Palácio Cruz e Sousa tem também um acervo arqueológico, diversas pinturas, além de uma bela arquitetura com escadas de mármore, detalhados vitrais e mobiliário de época.

Fazendo jus ao nome, no museu existe uma sala toda dedicada ao poeta Cruz e Sousa, onde inclusive está exposta a urna com seus restos mortais.

Lagoa da Conceição 

A Lagoa da Conceição é a maior e mais conhecida lagoa de Florianópolis e se estende por aproximadamente 20 km².

O entorno da lagoa é um local muito procurado para a prática de esportes como kite surf, caiaque e stand up paddle, além de corridas e caminhadas.

Outra opção, mais turística, é o passeio de barco até a Costa da Lagoa e para os mais aventureiros ainda existe o voo de parapente. 

O que fazer em Florianópolis Lagoa da Conceição
Foto de @robertocfmourao

Na região da lagoa ainda fica localizada a Feira da Lagoa, que reúne artesanato e gastronomia. Para que gosta de curtir a noite, a Lagoa da Conceição é uma boa opção. O local é badalado e tem diversos bares e restaurantes, geralmente com música ao vivo.

Não saia de lá sem visitar o Mirante da Lagoa, que fica no topo do morro e tem uma vista incrível da lagoa e do mar.

Reserve aqui sua hospedagem com a Booking.com

Dunas da Joaquina

As Dunas da Joaquina são uma porção do Parque Natural Municipal da Lagoa da Conceição, que foi criado em 1988 e compreendia 463 hectares. Trinta anos mais tarde o parque acolheu também uma área de restinga, somando hoje mais de 700 hectares.

O nome Joaquina veio de uma lenda antiga. Joaquina era uma moradora local do século XIX, casada com um pescador. Um dia seu marido saiu para pescar e nunca mais voltou e na mesma época ela perdeu também seu pai, sua mãe e sua avó.

O que fazer em Florianópolis Dunas da Joaquina
Foto de @denicrluz

Joaquina caiu em profunda tristeza e todos todos os dias ia até a praia recolher mariscos e esperar pela volta de seu marido. Isso nunca aconteceu e um dia o mar a levou também. Dizem que o nome da região foi dado em sua homenagem.

Hoje as Dunas da Joaquina são um conhecido ponto de prática do sandboard, que segundo alguns foi criado lá em 1986, como uma alternativa para os surfistas quando o mar não estava propício para o surf.

Se você tem habilidades ou quer testar seu equilíbrio, pode alugar uma prancha e descer as dunas. Minha experiência não foi das melhores e acabei descendo sentada mesmo, mas posso garantir que é divertido.

Só não posso dizer o mesmo da subida depois.

Ilha do Campeche

A Ilha do Campeche é um paraíso de águas claras que fica bem próximo da ilha de Florianópolis. A travessia mais rápida é feita a partir da Praia do Campeche, em botes infláveis, e leva cerca de 15 minutos.

Existe apenas uma praia na ilha, a Praia da Enseada e você pode ficar ali só curtindo sol e mar ou encarar as trilhas guiadas por monitores do IPHAN.

A Ilha do Campeche tem 10 sítios arqueológicos com mais de 100 desenhos cravados nas pedras o que é considerada a maior coleção de de petróglifos do litoral brasileiro.

O que fazer em Florianópolis Ilha do Campeche
Foto de @evandrokluge

Nos desenhos estão representadas figuras geométricas, máscaras e flechas.

Existe também uma trilha monitorada que inclui mergulho, para que você possa conhecer um pouco da biodiversidade marinha do Campeche.

Lá existe apenas um restaurante e caso você leve sua própria comida saiba que não existem lixeiras espalhadas pela ilha. Traga todo o seu lixo de volta.

As visitas são controladas e a lotação máxima é de 800 pessoas por dia.

O que fazer em Santa Catarina? Vale Europeu

Santa Catarina reflete muito da cultura dos seus principais imigrantes, os alemães. Isso fica muito evidente no Vale Europeu, um conjunto de 12 cidades,  sendo a mais conhecida Pomerode.

Pomerode tem diversas atrações ligadas a exploração da cultura alemã. Uma dessas atrações é a Rota do Enxaimel, que te leva por cerca de  50 casas construídas nesse estilo.

O que fazer em Santa Catarina Vale Europeu
Foto de @pricilafelizardo

Para aproveitar todas as cidades do Vale foram preparados alguns roteiros e alguns deles levam em conta os meios de locomoção. O Roteiro da caminhada passa por 9 cidades e dura 9 dias.

O do cicloturismo também passa por 9 cidades e dura  7 dias e ainda existe um  Passeio de Maria Fumaça na cidade de Apiúna.

Além desses roteiros o Vale Europeu tem diversas outras atrações, como a visita a uma reserva ecológica, a vila encantada e um parque educativo para as crianças, a observação de aves, as cachoeiras de Doutor Pedrinho e também a Rota da Cachaça, para conhecer a cidade de Luiz Alves, intitulada de Terra Nacional da Cachaça.

O que fazer em Santa Catarina? Beto Carrero

O Beto Carrero é um parque de diversões que fica na cidade de Penha, onde você pode também curtir a praia.

Ele foi o 2º parque mais visitado da América Latina em 2019 com mais de 2 milhões e 200 mil visitas. O Beto Carrero só perdeu para o Six Flags, que fica no México.

Esse parque foi criado por João Batista Sergio Murad, que adotou o apelido Beto Carrero desde cedo, em homenagem ao seu pai que conduzia um carro de bois.

Ele queria ser o Zorro barsileiro e sabia que quando crescesse sua vida deveria misturar trabalho, diversão e fantasia.

O que fazer em Santa Catarina Beto Carrero

O sonho começou a se tornar realidade em 28 de dezembro de 1991, quando ele criou o parque Beto Carrero World, com algumas poucas atrações e lonas de circo. 

Ao longos dos anos o Beto Carrero se tornou um importante parque de diversões, conhecido mundialmente e é o parque mais importante do Brasil.

O parque tem diversas atrações que vão de zoológico a brinquedos radicais. São 2 montanhas russas com loopings, sendo que uma delas é invertida, uma torre com altura equivalente a 30 andares de onde se tem uma visão do mar e botes que atravessam uma  corredeira artificial. 

Alugue um carro com a RentCars e aproveite as melhores condições.

E isso é só uma pequena parte do parte que ainda tem muitos shows e encontro com personagens.

Se você gosta desse tipo de parque eu com certeza indico o Beto Carrero, pois já fomos algumas vezes e você com certeza vai achar uma atração que se encaixe na sua ideia de diversão.

E para quem não for fazer um bate e volta de um dia só, pode aproveitar a visita ao parque e conhecer também Balneário Camboriú, que é uma das praias mais badaladas de Santa catarina e fica a apenas 30 minutos do parque.

O que fazer em Santa Catarina? Urubici

A terceira dica do que fazer em Santa Catarina é visitar Urubici, um bom destino para quem gosta de natureza, morros e estradas radicais.

Uma das  bonitas atrações da cidade é a Pedra Furada, formação rochosa que se assemelha a uma janela e pode ser melhor observada do Morro da Igreja.

O que fazer em Santa Catarina Urubici

Para subir o Morro da Igreja é necessário retirar uma autorização do ICMBIO, que hoje está disponível através do site.

Em Urubici você também pode conhecer o Cânion Espraiado, que fica em uma propriedade particular, a Caverna Rio dos Bugres, que era o antigo abrigo dos índios e o Parque Quedas do Avencal.

O Parque leva o nome da Cascata do Avencal, que tem mais de 100 metros de altura. Lá você também pode ter experiências radicais como conhecer a passarela de vidro que te leva pra dentro do penhasco e também se jogar na tirolesa.

E o último destaque de Urubici é a Serra do Corvo Branco. Esse serra foi a primeira a ligar a região ao litoral. Ela é tão radical que já li em alguns descrevendo que a sensação é de se estar em uma montanha russa. 

Além do fator adrenalina a Serra do Corvo Branco também tem o maior corte de rocha do Brasil, são 90 metros de profundidade. 

O que fazer em Santa Catarina? Serra do Rio do Rastro

Uma das serras mais bonitas do Brasil fica entre as cidades de Lauro Muller e Bom Jardim da Serra, é a Serra do Rio do Rastro.

Essa serra foi pavimentada e iluminada na década de 80 e seus 35 quilômetros de extensão tem uma grande quantidade de curvas bem apertadas. Alguns falam entre 180 e 200 curvas.

Por ser muito íngreme e ter curvas bem fechadas a Serra do Rio do Rastro dá trabalho para os motoristas de veículos longos, às vezes precisam fazer manobras para poder passar.

O que fazer em Santa Catarina Serra do Rio do Rastro
Foto de @ka.silvac

De um lado da estrada fica o penhasco e do outro o paredão de mata. Nos dias frios os fios de água que descem de cima do morro congelam e fazem a alegria dos turistas.

Na cidade de Bom jardim da Serra fica um mirante, com visão de toda a serra. Torça para o tempo estar aberto quando passar por lá. Nós não tivemos essa sorte porque quando estivemos por lá estava completamente  nublado e a gente não conseguiu enxergar nem um pedacinho da Serra.

A região da Serra do Rio do Rastro, principalmente o topo que fica em Bom Jardim da Serra tem alguns resorts, onde você pode se hospedar e aproveitar os passeios a cavalo e também diversas trilhas.

Você também pode gostar de ler:
+ Adventure Park Lages ou Parque de Aventuras Pedras Brancas
+ 7 regras para viajar com os amigos

O que fazer em Santa Catarina? Blumenau

Fecharemos a lista do que fazer em Santa Catarina com a cidade que foi reconhecida oficialmente em 2016 como como a Capital Nacional da Cerveja, Blumenau.

No ano de 1984 ocorreu uma grande enchente em Blumenau e para auxiliar na recuperação da economia os governantes tiveram a ideia de fazer uma grande festa. Foi assim que surgiu a Oktoberfest, que é a principal atração turística de Blumenau. 

O que fazer em Santa Catarina Blumenau

A Oktoberfest de Blumenau é a maior festa alemã da américa do Sul e uma das maiores Oktoberfests do mundo, perdendo apenas para a original que acontece em Munique, na alemanha e ficando praticamente empatada com uma outra festa que acontece no Canadá.

A Oktoberfest acontece na Vila Germânica e atrai muita gente, e quando eu falo muita é muita mesmo. Se quiser conhecer vá nos primeiros dias. Nós deixamos para o sábado do último fim de semana e era praticamente impossível se locomover lá dentro de tanta gente.

Durante os vários dias de festa também acontecem desfiles na rua XV de Novembro, que lota de curiosos para assistir. 

Além disso, Blumenau tem outros atrativos ligados a cerveja para justificar o título de Capital Nacional.

Em março acontece o Festival Brasileiro da Cerveja, que reúne diversos rótulos diferentes e a cidade ainda tem a Rota Turística da Cerveja, para que os visitantes possam conhecer 120 produtores artesanais.


E aí, já escolheu o que fazer em Santa Catarina? Me conta qual o lugar que você pretende colocar na sua lista ou algum que eu não mencionei aqui e que você acha interessante.

Se você gostou desse post compartilha e salva no Pinterest pra ler depois.

Um abraço e muitas viagens!

PLANEJE SUA VIAGEM com os nossos parceiros. Você ajuda o blog, não paga nada a mais por isso e ainda ganha alguns descontos. Bom né? É só clicar nos links abaixo pra fazer a sua reserva.
Reserve seu hotel com a Booking.com
Cadastre-se no Airbnb e ganhe R$ 179,00 de desconto na primeira hospedagem.
Alugue seu carro com a RentCars
Não viaje sem seguro, cote o melhor com a Seguros Promo – utilize o código POROPCAO5 e ganhe 5% de desconto.
Use seu celular no exterior com chip da Easysim4U – com o código RBBVGRATIS você tem frete grátis.

Informações Práticas – O que fazer em Santa Catarina

Palácio Cruz e Souza

Horário de Funcionamento: segunda a sexta-feira, das 10h às 18h. Sábados e domingos, das 10h às 16h.
Entrada: R$ 5,00 inteira R$ 2,00 meia. Aos domingos é de graça.
Mais Informações: no site da Secretaria Municipal de Turismo

Vale Europeu

Para conhecer todos os roteiros, cidades e atrações do vale Europeu acesse o site do Circuito.

Beto Carrero World

Endereço: Rod. Beto Carrero World – Praia de Armação do Itapocorói, Penha – SC
Informações sobre dias de funcionamento e valor da entrada disponíveis no site do Beto Carrero.

Urubici

Verifique sobre a autorização para subida ao Morro da Igreja no site do ICMBIO.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *