Tsitsikama e a ponte suspensa da Rota Jardim

O único ponto da Rota Jardim que nós realmente aproveitamos foi conhecer a ponte suspensa do Tsitsikama National Park. O parque tem um nome meio estranho mas não é tão difícil de falar não. É só dar uma leve omitida no som do S que você vai conseguir pronunciar.

A Rota Jardim

Rota Jardim é o nome dado a uma região da África do Sul que fica na costa sudeste do país. São aproximadamente 200 km entre as cidades de Mossel Bay e Storms River. Na nossa visita não conhecemos muito dessa rota. Há vários lugares interessantes para ver, incluindo praias e cânions, que ficam um pouco mais para o interior. Nós apenas passamos rapidamente por Knysna, Plettenberg Bay e Storms River.

Knysna sofreu um grande incêndio, dias antes da nossa chegada. Vimos várias casas destruídas e a vegetação próxima ao mar estava totalmente queimada. Foi uma pena, pois o lugar é lindo. Em Plettenberg Bay nossa parada foi estratégica. Apenas dormimos ali pois no outro dia iria pular de Bungee Jump e visitaríamos o Tsitsikama. Ficamos hospedados em um airbnb maravilhoso. A cidade tem uma rua com restaurantes super legais e dali saem vários passeios para observação de baleias. Não deu pra gente. Quem sabe em uma próxima.

Parque Tsitsikama

Storms River é o fim da Rota Jardim e você pode fechar com chave de ouro. Na cidade fica o maior Bungee Jump de ponte do mundo. Se você quiser ver o relato desse salto muito louco pode clicar aqui. É ali também que fica o parque Tsitsikama. Ele fica a beira mar e sua principal atração é a Ponte Suspensa. Sabe aquelas pontes dos filmes do Indiana Jones? É bem desse tipinho aí. Pra chegar até a ponte você terá que pegar a Mouth Trail. Essa é uma trilha de aproximadamente 1km sem muita dificuldade. Você terá que subir e descer escadas bem íngremes, mas fora isso é tranquilo. A ponte é linda. Ela fica sobre o rio Storms que desemboca no mar um pouco a frente. Por ser uma ponte suspensa ela balança, mas não achei nada muito assustador.

Início das trilhas no Tsitsikama a beira mar.
O início das trilhas é aqui. Já dá um ânimo né?
Pontes suspensas do Tsitsikama.
Tá aí a famosa ponte suspensa. Tem uma grandona e duas pequenas. Pode passar pulando?
Diego na ponte suspensa.
Tirar uma foto sozinho aqui é tarefa difícil.

Para quem quer um outro ponto de vista é possível fazer passeios de kayak ou de boia, que por lá eles chamam de Lilo. Para chegar até o local de onde saem os passeios você deverá pegar a trilha a esquerda, quando ficar de frente para a ponte.

Kayaks esperando aventureiros no rio.
Quer explorar o rio e os cânions de outro ângulo? Você pode fazer kayak.

Nós fizemos apenas essa trilha, pois estávamos na correria e ainda tínhamos que viajar até Port Elizabeth. Para quem vai passar o dia todo ou acampar no parque existem outras 3 trilhas. A Blue Duiker Trail é a mais longa, tem 3,7 km e dura aproximadamente 3 horas. Você também escolher a Loerie Trail, com 1 km ou a Waterfall Trail, que tem 3 km mas deve ter um nível de dificuldade maior pois sua duração é de 3 a 4 horas. Fazendo uma breve pesquisa vi que existem vários lugares para se refrescar, então é um bom lugar para visitar no verão.

Flores vermelhas no Tsitsikama
As flores do Tsitsikama são lindas e contrastam bastante com o mar.

Informações Práticas

Knysna

Knysna – Viewpoint Eastern Knysna Head
O que é: um mirante de onde você tem uma visão do rio (que não descobri o nome) desembocando no mar.
Entrada: grátis
Como chegar: 1 View Point, Knysna
Coordenadas GPS: 34º04’43.03’’ S 23º03’44.5’’ E
Curiosidade: o nome da cidade é meio estranho, apesar de se escrever Knysna você não pronuncia o K e no final fica algo como “Naisna”.

Plettenberg Bay

Airbnb em Plettenberg Bay
Anfitrião: Ficamos na casa da Sue. Ela é super simpática e prestativa.
Considerações: o quarto fica separado da casa. Apesar de ser no mesmo terreno entra-se por portas diferentes. Tem uma cama de casal super confortável e um banheiro enorme, com banheira. O quarto tem TV e wi-fi e uma chaleira elétrica para uma chá.
Como reservar: Pelo site do Airbnb nesse link 
Quanto custa: Nós pagamos R$ 111,00 por uma noite em junho/2017

The Table Restaurant and Bar
O que é: restaurante que tem desde pizza até pratos mais chiques. Não é o estilo de restaurante que nós comemos normalmente, mas foi indicação da Sue do Airbnb e acabamos indo. O lugar é lindo e as comidas são bem Gourmet.
Como chegar: 9 Main St, Plettenberg Bay
Coordenadas GPS: 34º03’22’’ S 23º22’19.8’’ E
Horário de funcionamento: todos os dias da 12h às 02h
Quanto custa: Não é dos mais baratos mas também não foi caro. Pagamos R140 em 1 pizza e 2 cocas, em reais aproximadamente R$ 41,00, (junho/2017)

Ocean Blue
O que é: agência que faz o tour para ver baleias e golfinhos em Plettenberg Bay
Como chegar: Hopwood Street, Central Beach, Plettenberg Bay
Coordenadas GPS: 34º03’35.4’’ S 23º22’36.6’’ E
Quanto custa: Entre R500 e R750 (adultos) e R200 e R400 (crianças) – em reais de R$ 147 a R$ 220 (adultos) e R$ 59 a 118 (crianças) – (junho/2017)
Mais informações: No site Ocean Adventures 
Considerações: não fizemos o passeio. Essa é apenas uma sugestão de agência que encontramos por lá.

Storms River

Tsitsikama National Park
O que é: parque a beira mar onde fica a Ponte Suspensa
Ingressos: podem ser comprados online ou na entrada do parque. Se você for acampar considere fazer tudo online.
Como chegar: na rodovia N2, na altura de Storms River você verá a placa informando a entrada do Parque.
Coordenadas GPS: 34º00’36.3’’ S 23º52’06.8’’ E
Horário de Funcionamento: das 7h às 18h
Quanto custa: a Entrada custa R216 / R$ 64 (adulto) e R108 / R$ 32 (criança) – (fevereiro/2018)
Mais informações: No site SAN Parks Tsitsikama

Untouched Adventures
O que é: passeios de Kayak, boia e mergulho no rio Storms, dentro do Tsitsikama.
Como chegar: dentro do parque Tsitsikama pegue a Mouth Trail até a ponte suspensa. O local de saída fica a esquerda da ponte.
Quanto custa: entre R400 / R$ 118,00 e R600 / R$ 175,00 dependendo da sua escolha (fevereiro/2018)
Como reservar: Pelo site Untouched Adventures

Gostou desse post? Dá um pin nele no Pinterest ou compartilha com a galera.

Quer conhecer a ponte suspensa da Rota Jardim? Ela fica dentro do Parqu.e Nacional Tsitsikama. Vale a pena a visita.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *