Pinguins na África do Sul e o Cabo Agulhas

Continuamos descobrindo que nossas crenças foram por água abaixo nessa viagem. Primeiro o Cabo que achávamos que ficava mais ao sul verdade ficava mais ao Sudoeste (veja esse post aqui). Agora a gente se depara com a observação de pinguins na África do Sul. Em plena praia? No calor? Sim. Nossos conceitos tem mudado bastante durante as viagens. É como dizem, vivendo e aprendendo.

Os Pinguins africanos

Eles podem medir até 70 cm e seu peso varia entre 2 e 3 quilos. Como muitas outras espécies os pinguins africanos estão ameaçados de extinção. É uma pena pensar que o bicho homem, como sempre, tem grande responsabilidade nisso. São diversos fatores que contribuíram para a diminuição da comunidade de pinguins. A pesca, que diminui a quantidade de peixes que é base da alimentação dos pinguins. Os derramamentos de óleo na costa africana. A coleta de ovos, que era comum no século XIX. E a destruição das tocas. Tudo isso contribuiu para que o número de indivíduos reduzisse drasticamente.

Onde encontrar os pinguins

As colônias que conseguiram sobreviver estão basicamente na África do Sul e na Namíbia. Perto de Cape Town você poderá se deparar com esses bichinhos em lugares. Na ilha Robben – se der sorte -, em Boulders Beach e em Betty´s Bay. Nos escolhemos visitar os pinguins em Betty´s Bay, que é um pouco mais afastado mas estava no nosso caminho até Cabo Agulhas.

Saindo do Cabo da Boa Esperança se você pegar a M4 você inevitavelmente vai passar por Boulder´s Beach. Se sua intenção é voltar para Cidade do Cabo no mesmo dia esse local será sua melhor opção. Dizem que é o melhor lugar no mundo para observação de pinguins. Por que a gente não parou por ali? Boa pergunta, acho que quisemos ser diferentões. Nessa estrada tem placas informando da travessia de pinguins. É um tanto engraçado, mas verdadeiro.

Estrada para Betty´s Bay. Parece uma pintura.
Estrada para Betty´s Bay. Parece uma pintura.
Sério!! Eu queria parar pra tirar fotos a cada km rodado. A costa sul-africana é linda.
Sério!! Eu queria parar pra tirar fotos a cada km rodado. A costa sul-africana é linda.

Betty´s Bay – nossa escolha para ver pinguins

Já que a gente ia ter que viajar até Cape Agulhas, escolhemos Betty´s Bay para ver os pinguins. Essa praia fica a aproximadamente 112 km do Cabo da Boa Esperança. O caminho até lá já é lindo, mas a praia consegue ser mais. Você não dá muito crédito quando tá chegando perto, mas muda de ideia quando chega a Colônia de Pinguins Stony Point. A mistura do mar, montanha, pinguins e casinhas ao fundo ficou perfeita.

Vista de Betty´s Bay. Montanhas, casa e praia.
Fiquei encantada com essa paisagem. Montanha, praia e casinha bonitas, combinação perfeita.

Selfie com os pinguins
Selfie com os Pinguins. Tá vendo uns pontinhos pretos e brancos ali atrás?

 

O local é hoje uma reserva para preservação dos pinguins que chegaram ali em 1982. Você tem acesso por uma passarela, mas que chega bem perto deles. Não pode tocar nem alimentar os animais. Você corre o risco de levar uma bicada e desequilibrar a alimentação dos bichinhos. Na época que fomos havia alguns ovos e também pinguins bebê que tem a pelagem mais cinza. Talvez você já tenha ouvido alguém chamando essa espécie de pinguim burro, mas isso não tem nada a ver com a capacidade intelectual. Eles são chamados assim pois o som que emitem é bem parecido com de um burro.

Ao sair, você pode dar de cara com algum fugitivo bem pertinho de você. E tenho cuidado antes de ligar o carro. Eles podem estar escondidos lá em baixo. Pelo menos é o que diz a placa na saída. Os animais já estão em risco de extinção, ninguém quer correr o risco de entrar para estatística né?

Pinguins tomando sol na pedra.
Pinguins também gostam de um solzinho
Pinguim tomando sol na pedra
Tomando sol na laje.
Mamãe e bebê pinguim querendo se esconder no ninho.
Pinguim cuidando de ovo
Mais bebês estão a caminho. Será que é a mamãe ou o papai cuidando do ovo?
Esse monte de galho no chão são os ninhos dos pinguins. Muito foram construídos pela reserva para acomodar melhor os animais.
Esse monte de galho no chão são os ninhos dos pinguins. Muito foram construídos pela reserva para acomodar melhor os animais.
Uma ave abocanhando a cabeça da outra.
O que estava se passando na cabeça dessa ave? Só consigo lembrar da propaganda da Tortuguita.
Placa informando que pode haver pinguins embaixo do carro.
Cuidado, pinguins fugitivos podem ter se escondido embaixo do seu carro.

Cabo Agulhas

Depois que saímos de Betty´s Bay seguimos por mais 160 km até chegar no airbnb da vez, em Struisbaai. Escolhemos o local por ser próximo do Cabo Agulhas. Esse sim é o Cabo mais ao sul da África. Como ele ficava no caminho, não podíamos deixar de conhecer.

Além de ser o ponto mais austral do continente africano o Cabo das Agulhas também marca, simbolicamente, a divisão dos oceanos Atlântico e Pacífico. Não espere uma mudança na água ou coisa do tipo. O que você vai encontrar é apenas um monumento, indicando para que lado está cada oceano.

O parque não tem muito o que fazer. Há um farol e um caminho que vai beirando o mar até o monumento que eu comentei ali em cima. Nós deixamos o carro no estacionamento que fica atrás do Farol e fomos a pé até lá. Era bem cedo, estava um pouco nublado e com um vento cortante. Passamos muiiiito frio. Podíamos ter ido de carro até lá, pois há uma estrada de areia que passa por perto, mas encaramos as condições adversas e fomos caminhando mesmo. Se você tiver disposição, pode andar mais 2 km até o navio Meishu Maru, que ficou encalhado por ali.

Não é uma atração que a gente recomenda fortemente. Vá se estiver passando por ali. Se quiser apenas conhecer um Cabo, escolha o da Boa Esperança, que falamos nesse post aqui, que é inúmeras vezes mais interessante.

Monumento do cabo mais ao sul da África e que separa o Oceano Atlântico do Índico.
De uma lado Atlântico, do outro Índico e vento para todos os lados.
Farol do Cabo Agulhas
Farol do Cabo Agulhas

Informações Práticas

Boulders Beach

Ingressos: podem ser comprados online pelo site ou na hora – R75 adultos e R40 crianças (jan/2018)
Como chegar: Kleintuin Road em Simon´s Town – Coordenadas GPS S 34° 7′ 55″ E 18° 26′ 53
Horários: variam dependendo da época do ano, mas é garantido que entre 08:00 e 17:00 estará aberto.
Mais Informações: Site SAN Parks – Boulders Beach

Stony Point Reserve Nature

Ingressos: podem ser comprados online pelo site ou na hora – R20 adultos e R10 crianças (jan/2018)
Como chegar: A entrada fica na Una Drive. Coordenadas GPS: S34°22’23.5″ E18°53’38.0″
Horários: 09:00 às 16:00
Mais Informações: Site Cape Nature

Cabo das Agulhas

Ingressos: ficamos em dúvida. No estacionamento havia uma placa informando que a entrada era paga, mas quando fomos perguntar no Farol o atendente nos disse que não e não havia nenhuma guarita na entrada para cobrança. Na dúvida, pergunte quando chegar lá. No site do parque, que acessamos depois, a tarifa é de R160 (adulto) e R80 (crianças) preços de janeiro/2018.
Como chegar: No final da R319, também chamada de Main Road. Coordenadas GPS: S34°49’44.6″ E20°00’31.3″
Horários: O horário de funcionamento do escritório (para quem vai acampar) é das 07h30 às 18h nos dias de semana e 09h às 17h nos fins de semana.
Mais informações: Site SAN Parks – Cape Agulhas

Gostou do post? Dá um pin nele no Pinterest ou compartilha com a galera.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *