Paris | A Torre Eiffel está em todos os cantos

Quando eu pensava em Paris vinham a minha mente museu do Louvre, Sacre Coeur, Moulin Rouge, mas principalmente ela: a torre Eiffel. Acho que isso deve ser quase unânime entre os que sonham passar alguns dias na capital francesa. A imponente estrutura de ferro construída para a Exposição Universal de 1889 por muito tempo foi odiada pelos parisienses (talvez continue odiada ou tenha perdido o posto para o edifício Montparnasse) Era pra ser uma estrutura provisória apenas para o evento mas agradeço de todo o coração o abençoado que decidiu mantê-la linda no seu lugar.
Do aeroporto até o hotel em que ficamos hospedados em Paris pegamos um trem seguido do metrô e pelo caminho fui me maravilhando com a paisagem urbana que eu adoro. Ah! As janelas francesas são uma obra prima. Mas nem toda a beleza que vi pelo caminho ofuscou a emoção de enxergar pela primeira vez ELA. O ícone máximo de Paris. Vi só uma pontinha do topo mas isso já me fez correr com as malas para o hotel e sair a sua caça.
Era noite mas nem por isso deixaria o encontro para depois. Nosso hotel era relativamente perto então começamos a caminhada em sua direção. Por vezes perdíamos seu rastro por entre os prédios mas alguns passos a frente ela surgia como se dissesse “estou aqui”.
Finalmente chegamos e literalmente aos seus pés percebemos que sua fama não é em vão. A torre é imensa, monstruosa, mas ao mesmo tempo consegue ser delicada e incrivelmente bonita. Iluminada de cima a baixo em tom de amarelo não tem como não se apaixonar.

Torre Eiffel vista do Trocadero
Vista a partir do Trocadero

Nosso primeiro encontro foi rápido, apenas de passagem e quando já a tinha deixado pra trás rumo ao Bateaux Mouche eis que o Diego me avisa: “Ela tá piscando!” Torre Eiffel, você sabe mesmo como agradar.

Torre Eiffel piscando
Quando ela pisca pra você é indescritível.
De dentro do Bateaux Mouches
De dentro do Bateaux Mouches

E a paixão continuou durante toda a semana que passamos por lá. Onde quer que eu fosse ficava procurando um ponto de onde pudesse enxergá-la e sempre a encontrava. Em tons escuros e pesados durante o dia e toda radiante e luminosa durante a noite.

Vista da torre Montparnasse
Talvez a melhor vista seja daqui: torre Montparnasse.
Do Champs de Mars
Do Champs de Mars
de cima da torre da Notre Dame
Lá de cima da torre da Notre Dame
De dentro do Museu Pompidou
De dentro do Museu Pompidou
Vista da ponte a frente da Conciergerie
Tá enxergando a bichinha?? Vista da ponte a frente da Conciergerie
Torre Eiffel vista de baixo
De baixo
De dentro do Louvre
De dentro do Louvre
De trás do Memorial da Paz
De trás do Memorial da Paz
Da Place de La Concorde
Da Place de La Concorde
Vista do Pantheon
Do Pantheon
De cima do Arco do Triunfo
De cima do Arco do Triunfo
Torre vista de dentro do metrô
Não podia faltar uma de dentro do metrô

 

Gostou? Curte a gente pra não perder nenhuma dica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *