Amsterdam | O que fazer de graça em Amsterdam

Como falei nesse post aqui, nosso meio de transporte por Amsterdam foram nossos próprios pés. Dessa forma a gente conseguiu dar voltas e mais voltas pela cidade sem gastar nenhum centavo e podendo apreciar a paisagem dos canais. Além disso, nosso roteiro foi baseado em coisas grátis. Quer gastar pouco ou quase nada? Se liga nessas dicas.

Conhecer os canais e suas pontes: Não me atrevo a dizer quantos quilômetros de canais a cidade tem, mas posso afirmar que são muitos. Se há muitos canais há também muitas pontes. Alguns lugares legais são: o canal  Prinsengracht, onde é bem provável que você encontre uma maior concentração de casas barco; a esquina das ruas Herengracht com a Reguliersgratch de onde, segundo a lenda, é possível avistar 15 pontes. Nós tentamos, realmente são muitas, mas não chegamos ao número cabalístico de 15; a menor fachada do mundo, que fica no cinturão Singel, número 7, largura de apenas 1 metro. Resta saber se o resto da casa é assim também; De Poezenboot, a casa dos gatos, também no cinturão Singel, é uma casa barco que acolhe gatos de rua; Magere Brug, ponte de madeira no rio Amstel que fica totalmente iluminada durante a noite. Há várias histórias em torno da origem da ponte mas a mais contada aso turistas é de que ela foi construída para que as irmãs Mager pudessem se visitar diariamente já que elas moravam em margens opostos do rio Amstel.

 

A casa dos gatos abandonados. Queria uma casa barco também.
A casa dos gatos abandonados. Queria uma casa barco também.
A menor fachada do mundo. Singel 7
A menor fachada do mundo. Singel 7
A Magere Brug é exclusiva para bikes.
A Magere Brug é exclusiva para bikes.

Visitar a praça Dam e as feiras: Dam Square é o coração de Amsterdam. Ali ficam vários prédios históricos como a Nieuwe Kerk e o Palácio Real de Amsterdam, além de ser palco de diversas apresentações. Se quiser tirar uma foto dentro de um tamanco com certeza encontrará algum por aqui. As feiras ao ar livre são outra atração da cidade. Se quiser ver um pouco de tudo visite Albert Cuypmarket. Acontece todos os dias e você pode comprar quase de tudo, desde peixe até um móvel antigo. Não deixe de provar as deliciosas sobremesas poffertjes e stroopwafel. Também passeie por trás das barracas, há lojas incríveis por ali. A Bloemenmarkt é a feira das flores, com destaque especial para as tulipas é claro. Observe também a Munttoren, uma torre que fica bem no início do canal e antigamente fazia parte de um portão que dava acesso a cidade. A última feira, e mais louca de todas, é a Waterloopleinmarkt. Se você gosta de bazar de antiguidades esse é o lugar. Tem de tudo mesmo, roupas, selos, moedas e até patins de madeira para o gelo.

Vai um peixinho aí?
Vai um peixinho aí?
O Palácio Real de Amsterdam na Dam Square
O Palácio Real de Amsterdam na Dam Square

 

O Bloemenmarkt e suas flores
O Bloemenmarkt e suas flores

Andar pelo Vondel Park e tirar foto com o I Amsterdam: Se você estiver a fim de andar com tranquilidade e perto da natureza vá dar umas voltas pelo Vondel Park. Aproveite que está por perto e vá até Museumplein se quiser encontrar as famosas letras I Amsterdam. Só não se decepcione pois vai ser muito difícil tirar uma foto razoável com as letras sem uma multidão por perto.

Boa sorte pra achar lugar com as letras
Boa sorte pra achar lugar com as letras

Visitar a Biblioteca de Amsterdam (OBA): Se você não é muito chegado em livros talvez ache estranha essa indicação, mas vai por mim, visitar a OBA é mais que uma experiência literária. Além da arquitetura e algumas exposições o último andar da biblioteca te permite ter uma visão panorâmica da cidade. Tome um café e aprecie a vista.

E você, sabe algum outro lugar legal pra visitar de graça? Conta pra gente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *